30.9.10

O Pantera, o nosso gatinho lindo que já conta 18 aninhos, encontra-se muito perto da sua fase final de vida. Desde terça-feira que vamos ao veterinário para lhe ser administrado soro. Tem tomado medicação para ajudar a função renal e visto ter deixado de comer está também a tomar um suplemento vitamínico. Para breve teremos de tomar uma decisão, embora esteja a ser possível, por enquanto, dar-lhe alguma qualidade de vida.

26.9.10

Caso de Polícia

Fui vítima de furto. É verdade. Foi a forma de alguém na nova escola me fazer sentir benvinda. Na passada segunda-feira cheguei à escola e ao aproximar-me do armário onde deixara um saco de plástico contendo fichas, testes de diagnóstico e umas colunas de som compradas no chinês reparei, chocada e inacreditavelmente surpreendida, que o saco se encontrava aberto contendo as fichas e os testes de diagnóstico, mas as colunas haviam desaparecido in thin air. Ainda dei um salto à esquadra de polícia de Alcântara para fazer uma participação de denúncia, mas obviamente não espero que o ladrão me venha a devolver o objecto furtado. Agora só espero que as colunas se avariem o mais rápido possível para que o ladrão não ande satisfeito a usar material que não lhe pertence.

Numa escola de gente tão bem posta nunca julguei semelhante acto vir alguma vez a ocorrer. Eu, que já dei aulas na cadeia, onde nem um lápis me desapareceu, continuo absolutamente pasmada. Mais ainda depois de a directora do estabelecimento me ter dito que uma colega, no ano anterior, costumava deixar o portátil guardado exactamente no mesmo armário e que o dito nunca desapareceu!

25.9.10

Semana de Quadros Interactivos

A semana, que começou mal, acabou bem. Foi cansativa. No total cumpri 15h de formação em horário pós-laboral em Quadros Interactivos para a Aprendizagem das Línguas Estrangeiras. Aprendi finalmente a construir recursos para o QI usando o ActivInspire e tive também uma pequena abordagem de como usar o QI na sala de aula. Poderá tornar-se uma ferramenta muito útil é certo, mas o sucesso depende também de factores externos, nomeadamente, a eterna questão do material funcionar ou não correctamente. Infelizmente, concluí que para se construir um recurso minimamente interessante e bem estruturado didactica e pedagogicamente há que disponibilizar umas boas horas para tal. Horas que, de momento, não abundam. De todo o modo espero, pontualmente, vir a fazer uma ou outra actividade com as turmas do 7.º usando o QI. Falta-me agora elaborar o meu Plano de Trabalho Individual para o recurso que apresentei na sessão final. Estou globalmente satisfeita com a acção. Não foram horas desperdiçadas.

A quem possa interessar aqui ficam dois sites interessantes. O primeiro tem o plano todo da Acção de Formação. O segundo é um site com uma extensa panóplia de recursos e informações sobre QI.

QIMforEnglishClasses

Promethean Planet

16.9.10

As primeiras gracinhas das crianças

A turma de Artes de 10.º ano já percebeu que a professora de Inglês que lhes saíu na rifa não é simpática. Estiveram os 10 minutos finais da aula em silêncio e saíram um a um da sala de aula como é costume fazer com as turmas de 7.º mais irrequietas. Tenho nessa turma um grupo de miúdas tão histéricas que não há pachorra para as aturar. Já as tinha fisgado na aula de apresentação e não me enganei, de facto. Curiosamente os do 7.º ainda não saíram um a um da sala!

Na próxima semana terei mais episódios caricatos!

15.9.10

Primeiras impressões positivas

As primeiras impressões da nova escola e dos novos alunos é boa. Já conheci as 6 turmas a meu cargo este ano. Nas turmas de 10.º terei alguns alunos mais faladores mas, de modo geral, parecem-me de trato fácil. Numa das turmas do 7.º parecem todos anjinhos. Já na outra tenho uns quantos diabos! Mas são as primeiras aparências e só nas próximas semanas terei a certeza com o que poderei contar. De todo modo são miúdos afáveis e bem educados.

O ânimo tarda mas conto dar mais de mim neste ano lectivo. E é por isso que na próxima semana farei uma formação em Quadros Interactivos em horário pós-laboral. Em tempos pré-increvi-me numa acção do género que seria paga por mim, mas acabei por desistir ao verificar que não tinha disponibilidade de horário para tal. Desta, tudo bem conciliado, parece-me ser possível tirar proveito da formação que terá lugar na escola onde estou a leccionar. Vamos ver se será este ano lectivo que utilizarei pela primeira vez o QI nas aulas.

10.9.10

Aos poucos e poucos vou-me libertando e hoje dei mais um passo.

8.9.10

Receita para o novo ano lectivo

Ao meu horário de 8h acrescentaram 14h. A essas 22h ainda se acrescentaram mais 3h da componente não lectiva. Não é garantido que fique com o horário completo até ao final do ano lectivo. As 14h são de substituição, mas nunca se sabe. Eu normalmente até costumo ter uma boa dose de sorte quando os planetas se encontram alinhados.

Por isso este ano lectivo inicio as festas com:

2 turmas de 7.º ano
4 turmas de 10.º ano

Falta-me um certo ânimo que me costuma acompanhar nestas alturas. Mas conto com o passar do tempo para que isso venha a mudar. :-)

5.9.10

Leituras

A par da leitura do Código da Estrada dei uma vista de olhos ao Novo Estatuto do Aluno. Tenho também o Regulamento Interno da nova escola para ler. Só leituras interessantes como se pode ver.

Há dois dias dei com o livro História da Morte de Douglas J. Davies e já li uma pequena parte. Na semana passada comprei Mais Platão, Menos Prozac de Lou Marinoff, do qual li os capítulos que mais me interessavam e tenho andado a namorar The Architecture of Happiness de Alain de Botton, que espero adquirir muito em breve.

Tenho, contudo, ideia de que mal as aulas comecem as leituras entrarão em modo de stand by.

3.9.10

"Serão as recordações assim tão importantes?"

É uma das questões, diria até a questão fulcral, que Kafka Tamura faz em Kafka à Beira-mar. São a nossa história de vida, é certo. Mas não deverão nunca deixar-nos de viver o presente e devem deixar-nos as portas do futuro abertas.

O tom melancólico em crescendo do livro é sem dúvida doloroso. Kafka à Beira-mar é um livro profundo sobre a morte, a separação e o amor.

Fiquei com vontade de ler mais livros de Murakami.

2.9.10

Boas Novas

Azar ao amor mas sorte no trabalho! Na próxima semana confirmar-se-á o aumento do meu horário para um número de horas bem jeitoso a avaliar pelas informações facultadas ontem aquando da minha apresentação na direcção da nova escola. Depois da reunião de grupo da próxima quarta-feira, em que serão entregues os horários a cada professor, poderei então partilhar as boas novas com toda a gente. Até lá é continuar a manter uma postura zen (ou estóica) perante a vida.