30.12.06

2006

2006 foi dos meus melhores anos. Foi um ano de revelações, de decisões e de crescimento espiritual. Para recordar fica (e por nenhuma ordem especial de preferência):

  • O concerto dos Depeche Mode no Pavilhão Atlântico.
  • O concerto de Muse no Campo Pequeno.
  • As várias actividades manuais a que me dediquei com entusiasmo e empenho q.b.
  • Os bons livros lidos.
  • A visita às Caldas da Rainha para visitar o ZP e família.
  • O casamento da N.
  • O fim-de-semana em Évora.
  • O Meco.
  • A visita da D a Portugal.
  • Black Holes and Revelations.
  • Völkerball.
  • Brokeback Mountain.
  • Crash.

E o melhor de tudo: o meu CORAÇÃO sem qualquer estilhaço ou cicatriz. :-)

HOORRAY!!!

29.12.06

Ou-la-la! 5


Matthew Macfadyen


Este yummy boy entrou na minha série de espiões predilecta, Spooks (Dupla Identidade) e interpretou também, e muito bem, o papel de Mr. Darcy na mais recente adaptação cinematográfica do romance de Jane Austen.

Mein Teil e o canibal alemão

Quem não se lembra do canibal alemão que há uns anos colocou um anúncio no qual expressava a sua vontade de comer um homem? Para além de ter encontrado um óptimo artigo sobre este caso achei que poderia partilhar também o videoclip de Mein Teil ao vivo disponível no youtube e que consta do Völkerball. Foi esta representação de Till Lindemann, empunhando um facalhão e envergando um avental e chapéu de talhante/cozinheiro, que vimos em 2004 no Pavilhão Atlântico (quem lá esteve, como eu, lembrar-se-á concerteza). Interessante também será notar a íntima relação da letra da música e do caso do canibal dado que Teil pode em alemão também designar as partes baixas e, caso se lembrem do macabro caso, essas foram comidas em conjunto pelo canibal e sua vítima. Tin ni ni ni ti ninini The Twilight Zone...

28.12.06

Das Modell

O Youtube é só cultura, por isso deixo-vos com a pérola encontrada hoje ao acaso: Das Modell dos Kraftwerk pelos Rammstein. Eu nem sabia que tal cover existia! Fiquei, como seria de prever, perfeitamente deliciada. Vale bem a pena ouvir para quem goste de música eletrónica e industrial; quem não gosta abstenha-se, por favor. :-D



[Nota: Pausa no clip da barra lateral antes de clicar no play deste.]

Rammstein Trivia

Li recentemente na Wikipédia algumas coisas curiosas em relação aos Rammstein, nomeadamente ao Richard Kruspe. Segundo informação da Wiki, Kruspe casou com uma sul africana de origem judaica e o casamento seguiu as tradições judaicas, embora o rapaz não se tenha convertido. Isto é deveras interessante visto a banda ser tantas vezes conotada como neo-nazi.

DVDs: novas aquisições


Adquiri novos (velhos) títulos numa incursão ao Carrefour do Oeirasparque: A Sétima Profecia (filme que vi há muitos anos e do qual gostei na altura bastante) e Orgulho e Preconceito (com o muito yummy Matthew Macfadyen). Também no meio de muitos DVDs encontrei o Astronaut (CD áudio + DVD com documentário, excertos ao vivo em Wembley e o videoclip Sunrise) dos Duran Duran por 5, 90 euros! Já vi os Duran Duran, depois de ter visto algumas partes (outra vez) do Völkerball. Os excertos ao vivo em Wembley não são novidade pois é o concerto que tenho em DVD oferta da N pelo meu último aniversário. Agora é só arranjar um tempinho para ver os filmes.

Porque gosto do Natal

Não consigo entender as pessoas que acham que a quadra natalícia é uma seca ou uma época de cinismo e hipocrisia e que andam por aí todas stressadas. Esses sentimentos passam-me todos ao lado. Cá em casa o Natal é sempre tranquilo e passado em muito boa companhia.

Não há stresses nas compras de Natal porque trato disso atempadamente e normalmente tenho uma ideia do que vou oferecer. Acontece por vezes ir sondando os amigos e familiares em relação ao que gostariam de receber como prendas para esta época festiva.

O Natal para mim não é uma obrigação; o comprar prendas ou escrever postais também não. Para mim é uma época em que renovo os laços com as pessoas que me são próximas e isso é feito com os encontros para almoçar, jantar ou tomar um chá, troca de prendas, envio de postais, etc. Este ano foi um prazer redobrado dado que executei muitas das prendas que ofereci. Cada uma foi pensada a pensar na pessoa em questão. Para o próximo ano já tenho novas ideias para prendas e postais e espero vir a pô-las em prática.

Durante o resto do ano sempre que a carteira e a disponibilidade me permitam também me encontro com os amigos ou ofereço prendas. Mas o Natal tem para mim algo de mágico. Gosto das histórias, das canções da época, das comidas, dos doces tradicionais e dos deliciosos chocolates. Gosto da visita que a M e o L nos fazem na tarde de dia 24. Fico sempre em casa à espera deles e mesmo que não me tenham dito que vão aparecer, eu sei que a qualquer altura da tarde eles aparecem. E bebem um chá ou um café e comem um bocado de arroz doce ou uma rabanada connosco. E é sempre, todas as vezes, um momento especial.

Há dois dias encontrei o irmão de uma amiga e na breve conversa que tivémos ele disse: "Detesto o Natal! É uma época de cinismo!" Eu respondi: "Cabe-nos a nós que não o seja. O Natal só é uma época de cinismo, hipocrisia e consumo desenfreado porque nós (salvo seja!) o fazemos dessa forma."

Atrevam-se a mudar! Passem esta época com aqueles que vos dizem algo. Telefonem a alguém de quem tenham saudades. Enviem um postal escrito. Façam um presente para um amigo. Digam às pessoas o quanto gostam delas, o quanto elas são importantes.

Hoje recebi da D o seu lindo postal de Natal; executado maravilhosamente por ela e com uma mensagem escrita que me tocou profundamente. Atrevam-se a tocar alguém.

27.12.06

Ou-la-la! 4


Richard Kruspe

Links 234





HE HE HE Agora não tenho outra vida.

__

* Este videoclip ao vivo não é de nenhum dos concertos do Völkerball. Trata-se de um concerto ao vivo em Berlim, julgo que em 2001. Será o que faz parte do DVD Live aus Berlin?

Limpezas na Dimensão

Aos poucos vou limpando a barra lateral e organizando-a, espero, melhor. Alguns links para sites e blogs irão desaparecer por duas razões: os sites/blogs já não existem ou os seus conteúdos deixaram de me interessar. Outros, por sua vez, serão adicionados. Optei também por colocar apenas foto e link para os livros que estou a ler no momento e eliminei os "últimos lidos".

26.12.06

Música no Blog - Rammstein

Mudança de videoclip na Dimensão. Os Einstürzende Neubauten dão lugar aos Rammstein. Keine Lust do álbum Reise, Reise de 2004 é o tema escolhido. Deliciem-se então com os Rammstein, versão chubby. :)

Visionamento de DVDs em dia

Por fim consegui ver mais alguns DVDs de música. Para além de Völkerball vi também Liebeslieder dos Einstürzende Neubauten, interessante mas de difícil digestão e Gotham dos Bauhaus, um bocado enfadonho.

Tenho ainda alguns para ver, o que espero fazer nos próximos dias.

Stay de Marc Forster

Stay de Marc Forster deixou-me um bocado desconsolada. Visualmente o filme é muito apelativo e ilustra bem o estado confuso em que se encontram as personagens e os meandros labirínticos pelos quais a história se vai regendo mas no final, e por não ter percebido como se passa de um plano em que as personagens têm determinados papéis para um outro onde passam a ter papéis diferentes assim como estabelecem relações diferentes entre si, fiquei à nora e muito sinceramente não sei se gostei ou não do filme.



Photobucket - Video and Image Hosting

Völkerball

Recebi o fantástico DVD Völkerball dos Rammstein com o concerto em Nimes de 2005 e excertos dos concertos na Brixton Academy em Londres e no Club Citta em Tóquio, também de 2005, e no Olympiski em Moscovo de 2004; o DVD bónus contém dois documentários: Anaconda im Netz e The Making of Reise Reise e ainda o CD áudio. Ontem já estive entretida a ver os concertos e vi parcialmente os documentários, que terei de ver novamente especialmente porque não seleccionei as legendas e houve muita coisa que não percebi.

Percebi, contudo, que estou com imensa vontade de voltar a ver os rapazes ao vivo. Espero que passem por cá brevemente. :)

Já agora visitem este blog que encontrei por acaso ao fazer uma busca no Google sobre o Völkerball.

25.12.06

Dicas para um ECO-NATAL

Já vem tarde mas ficam aqui as dicas, uma iniciativa promovida pela Associação GAIA, para a celebração de um Eco-Natal a ter em conta em anos futuros. Pela parte que me toca já vou seguindo algumas.

O que podemos fazer...

  • Na secção FAZ TU! podes encontrar muitos exemplos de prendas que podes fazer, acrescentando uma mais valia à prenda porque há um pouco de ti que também é dado.
  • Podemos dar algo de não material. Uma surpresa, um passeio, um beijo diferente... Tens ajuda no nosso CATALOGO
  • Ajudar quem tem necessidade! Fazer deste acto uma prenda para todos e dar uma alegria a quem não teve a oportunidade ou a sorte de conseguir uma vida normal.
  • Dar uma casa a um animal abandonado! Pode ser uma prenda para nós também ou para alguém e estamos a apoiar um animal que precisa de "dono".
  • Faz o teu próprio pinheiro aproveitando material que já não serve!
  • Oferecer prendas que contribuam para um mundo melhor! (uma bicicleta, a sobrescrição de uma revista de ambiente ou de defesa animal, um painel solar...)

24.12.06

Feliz Natal

Ando numa de poemas de Natal. Por isso, hoje deixo-vos um de António Gedeão. Aproveito para desejar a todos os que por aqui passam, com mais ou menos frequência, um

NATAL MUITOFELIZ!!!


DIA DE NATAL

Hoje é dia de ser bom.
É dia de passar a mão pelo rosto das crianças,
de falar e de ouvir com mavioso tom,
de abraçar toda a gente e de oferecer lembranças.
É dia de pensar nos outros. coitadinhos. nos que padecem,
de lhes darmos coragem para poderem continuar a aceitar a sua miséria,
de perdoar aos nossos inimigos, mesmo aos que não merecem,
de meditar sobre a nossa existência, tão efémera e tão séria.
Comove tanta fraternidade universal.
É só abrir o rádio e logo um coro de anjos,
como se de anjos fosse,
numa toada doce,
de violas e banjos,
Entoa gravemente um hino ao Criador.
E mal se extinguem os clamores plangentes,
a voz do locutor
anuncia o melhor dos detergentes.
De novo a melopeia inunda a Terra e o Céu
e as vozes crescem num fervor patético.
(Vossa Excelência verificou a hora exacta em que o Menino Jesus nasceu?
Não seja estúpido! Compre imediatamente um relógio de pulso antimagnético.)
Torna-se difícil caminhar nas preciosas ruas.
Toda a gente se acotovela, se multiplica em gestos, esfuziante.
Todos participam nas alegrias dos outros como se fossem suas
e fazem adeuses enluvados aos bons amigos que passam mais distante.
Nas lojas, na luxúria das montras e dos escaparates,
com subtis requintes de bom gosto e de engenhosa dinâmica,
cintilam, sob o intenso fluxo de milhares de quilovates,
as belas coisas inúteis de plástico, de metal, de vidro e de cerâmica.
Os olhos acorrem, num alvoroço liquefeito,
ao chamamento voluptuoso dos brilhos e das cores.
É como se tudo aquilo nos dissesse directamente respeito,
como se o Céu olhasse para nós e nos cobrisse de bênçãos e favores.
A Oratória de Bach embruxa a atmosfera do arruamento.
Adivinha-se uma roupagem diáfana a desembrulhar-se no ar.
E a gente, mesmo sem querer, entra no estabelecimento
e compra. louvado seja o Senhor!. o que nunca tinha pensado comprado.
Mas a maior felicidade é a da gente pequena.
Naquela véspera santa
a sua comoção é tanta, tanta, tanta,
que nem dorme serena.
Cada menino
abre um olhinho
na noite incerta
para ver se a aurora
já está desperta.
De manhãzinha,
salta da cama,
corre à cozinha
mesmo em pijama.
Ah!!!!!!!!!!
Na branda macieza
da matutina luz
aguarda-o a surpresa
do Menino Jesus.
Jesus
o doce Jesus,
o mesmo que nasceu na manjedoura,
veio pôr no sapatinho
do Pedrinho
uma metralhadora.
Que alegria
reinou naquela casa em todo o santo dia!
O Pedrinho, estrategicamente escondido atrás das portas,
fuzilava tudo com devastadoras rajadas
e obrigava as criadas
a caírem no chão como se fossem mortas:
Tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá.
Já está!
E fazia-as erguer para de novo matá-las.
E até mesmo a mamã e o sisudo papá
fingiam
que caíam
crivados de balas.
Dia de Confraternização Universal,
Dia de Amor, de Paz, de Felicidade,
de Sonhos e Venturas.
É dia de Natal.
Paz na Terra aos Homens de Boa Vontade.
Glória a Deus nas Alturas.

António Gedeão

22.12.06

What's this?

Outro poema de Natal

NATAL À BEIRA-RIO
É o braço do abeto a bater na vidraça?

E o ponteiro pequeno a caminho da meta!

Cala-te, vento velho! É o Natal que passa,

A trazer-me da água a infância ressurrecta.

Da casa onde nasci via-se perto o rio.

Tão novos os meus Pais, tão novos no passado!

E o Menino nascia a bordo de um navio

Que ficava, no cais, à noite iluminado...

Ó noite de Natal, que travo a maresia!

Depois fui não sei quem que se perdeu na terra.

E quanto mais na terra a terra me envolvia

E quanto mais na terra fazia o norte de quem erra.

Vem tu, Poesia, vem, agora conduzir-me

À beira desse cais onde Jesus nascia...

Serei dos que afinal, errando em terra firme,

Precisam de Jesus, de Mar, ou de Poesia?

David Mourão-Ferreira 1948-1988

21.12.06

Breve referência à temática do amor

Comprei há cerca de uma semana O Amor e o Ocidente de Denis de Rougemont. A curiosidade em relação a este título surgiu ao vê-lo repetidas vezes referido no último livro de Alberoni - Sexo e Amor. As leituras têm sido lentas nos últimos tempos; está quase tudo em banho-maria, mas a pouco e pouco vou deitando a mão a um ou outro dos vários livros que decidi ir lendo paralelamente. Uma rápida pesquisa no Google levou-me a dois blogs onde encontrei algum material de interesse relacionado com o livro de Rougemont. Ficam aqui os links para os mais curiosos.

Dragoscópio
Incomunidade

20.12.06

Matisse por mim

Recentemente acabei uma nova bailarina (encomenda de uma amiga da minha mãe). Tenho agora novo projecto em mãos: um nú baseado no Pink Nude de Matisse. Para já tenho este esboço:

Música no Blog - Einstürzende Neubauten

A escolha para o videoclip da barra lateral desta vez é The Interimlovers dos Einstürzende Neubauten, de quem já se viu e ouviu aqui o belíssimo Sabrina há uns tempos.

between microphone and macrocosm
between chaos and on no course
between plankton und philisophia
between semtex and utopia

there they are
the interimlovers

19.12.06

Um poema de Natal

The minstrels played their Christmas tune
To-night beneath my cottage-eaves;
While, smitten by a lofty moon,
The encircling laurels, thick with leaves,
Gave back a rich and dazzling sheen,
That overpowered their natural green.


Through hill and valley every breeze
Had sunk to rest with folded wings:
Keen was the air, but could not freeze,
Nor check, the music of the strings;
So stout and hardy were the band
That scraped the chords with strenuous hand.


And who but listened?--till was paid
Respect to every inmate's claim,
The greeting given, the music played
In honour of each household name,
Duly pronounced with lusty call,
And "Merry Christmas" wished to all


William Wordsworth

18.12.06

Por entre actas: o sushi!


O delicioso almoço de hoje
(A entrada e o chá)


Duas reuniões de avaliação estão despachadas. Quarta-feira é a vez da 3ª e última. Correram lindamente; gostei. As turmas não são problemáticas embora existam três alunos com Necessidades Educativas Especiais em duas delas. As notas são no geral muito boas. Os miúdos têm óptimos conhecimentos de Inglês e estão muito bem preparados. Grande parte deles tem melhores conhecimentos linguísticos do que alunos que tive nos últimos anos de 10º e 11º.

No intervalo das duas reuniões resolvi ir ao Sakura, o restaurante japonês no Palmeiras. Que maravilha! A comida é divina. Os preços elevados, mas vale bem a pena. No entanto é daquelas extravagâncias que só podem ocorrer de vez em quando ou então a carteira sofre um grande rombo - e nós não queremos isso.

A alternativa mais em conta continua a ser o japonês do Cascaisvilla ou então o Sushimoto no Estoril.

Bem, mas agora tenho de deixar de pensar nas iguarias do país do sol nascente e dedicar-me à Acta da reunião que secretariei.


[O Flip vai-se babar todo com a imagem! he he]

Muitas caras

Citação roubada descaradamente do Fiapos de Luz. Mas vai tão de encontro à minha forma de estar e ser que não consegui evitar aqui colocá-la também:

Deus tem muitas caras. Para ti apenas uma.
Fica então alerta, pois não sabes nunca quando e como ele aparecerá.
Não vás na onda, nem vás contra a maré.
Segue apenas a tua consciência.
Quem te diz que tens que ser como os outros?

Jürgen Kuhlmann (n. 1936)
Teólogo e conselheiro profissional alemão

17.12.06

Os primeiros postais de Natal



Os primeiros postais de Natal já chegaram. Os meus infelizmente ainda não seguiram caminho este ano. Já estão todos escritos. Só falta ir aos Correios enviá-los. Na próxima semana sem falta!

Leave in Silence - Depeche Mode

Uma verdadeira pérola: Leave in Silence ao vivo. É de notar o excelente contributo de Alan Wilder nas backing vocals.



Leave in Silence - Depeche Mode



[Não esquecer a pausa no videoclip da barra lateral para clicar no play deste.]

15.12.06

Por fim o fim da semana

A semana chegou ao fim e estou literalmente de rastos. Foram muitas horas passadas a corrigir testes e trabalhos e, por último, a preparar as avaliações deste final de período. Na próxima semana seguem-se as reuniões e depois alguns dias para descansar e relaxar. Um ou dois serão reservados para planificação de algumas aulas. Mas de resto espero conseguir ver uns DVDs, pôr leituras em dia e passear um pouco.

14.12.06

Música no Blog - The Smashing Pumpkins

Uma passagem rápida pelo blog para trocar o videoclip da barra lateral. A escolha para os próximos dias é The Everlasting Gaze dos The Smashing Pumpkins de 2000.

We all want to hold in the everlasting gaze
Enchanted in the rapture of his sentimental sway
But underneath the wheels lie the skulls of every cog*
The fickle fascination of an everlasting God

The Everlasting Gaze - The Smashing Pumpkins


* a cog in the machine/ wheel: a person who is a small part of a large organization

11.12.06

Um anjinho loiro vendeu-me postais

A caminho da estação depois das aulas um pequenito de uns 10 anos abordou-me perguntando-me se eu quereria comprar uns postais de Natal. Mostrou-me logo as belas obras de arte executadas com todo o profissionalismo pela sua turma. Acabei por comprar-lhe 6 embora não precise de mais postais para este ano, mas a verdade é que não consegui resistir ao anjinho loiro com óculos redondos à Harry Potter. :-D

10.12.06

O acto de corrigir e avaliar

Nos últimos dias tenho andado de volta dos testes de uma das turmas. Já há uns anos que opto por corrigir exercício a exercício de todos os testes. Torna-se mais fácil para mim do que corrigir teste a teste. E noto que se torna bem mais rápido embora possa, à partida, não parecer.

Já há uns anos também que é meu costume (porque também era o estabelecido pelo meu grupo ou departamento) colocar as cotações dos exercícios no final do enunciado do teste. Nesta escola há uma novidade, que tem causado alguma polémica entre os colegas: colocar também, mas desta vez na folha de resposta do aluno, a percentagem ou pontuação atribuída às questões. Aspecto que a mim não me causa confusão nenhuma; julgo que me torna ainda mais consciente e mais objectiva no processo de correcção/avaliação.

Corrigir e avaliar é uma tarefa que considero muito difícil. Parece existir sempre uma dose de subjectividade em todos aqueles critérios que se querem o mais objectivos possível.

8.12.06

Ou-la-la! 3

Apesar daquele romance caótico com a Sienna Miller este rapaz mantém um aspecto muito yummy. [O Muse vair adorar! LOL]


7.12.06

Fim de pagamento aos orientadores de estágios pedagógicos

Acabei de ler um artigo sobre mais uma das medidas economicistas deste Governo no que concerne a Educação. Esta é a parte que mais me faz rir de tão triste que é:

o Ministério das Finanças pondera exigir aos professores a reposição das gratificações que receberam desde Setembro de 2005, não havendo ainda orientações sobre essa questão, uma vez que o Gabinete de Gestão Financeira do ME propôs que fossem perdoadas as referidas reposições. [Também melhor seria. Eles pagam e depois querem reposições!!]


Para ler o artigo na íntegra é só clicar no link abaixo:

Ou-la-la! 2

Este rapaz também tem o seu interesse. Yummy!




Cristian Slater

Ideias para o Natal

Encontrei no Fiapos de Luz da Vee uma excelente ideia para oferecer este natal. Vejam aqui.

Música no Blog - A-HA



Porque estou numa de recordações o videoclip escolhido para rodar na barra lateral durante uns dias é Stay on these Roads dos A-HA, um dos meus temas preferidos do trio norueguês.

Tears for Fears - Shout

Aproveitei ter hoje algum tempo disponível depois do almoço e vi o Songs From the Big Chair dos Tears for Fears. Shout é a minha preferida do grupo. E com a cortesia do youtube aqui fica o clip:

6.12.06

Updating my life

Os testes das crianças estão concluídos e fotocopiados. Hoje uma das turmas já fez parte do teste. Amanhã e na próxima semana há mais. Vou ficar com as avaliações mesmo para os últimos dias, mas tive mesmo de fazer uma série de acertos às datas já marcadas pela minha colega. Parte do fds vai ser passada a corrigir alguns.

O facto de existir uma sala de trabalho na escola com computadores e impressora tem-me facilitado imenso a vida. Tenho lá ficado a trabalhar depois das aulas o que significa que chegada a casa pouco tenho de fazer.

De resto ando cansada e a tentar gerir o melhor que posso estas semanas.

As leituras estão paradas assim como o visionamento dos DVDs de música e os filmes. Estas férias de Natal prometem! No fds talvez veja qualquer coisita para descomprimir.

5.12.06

Ou-la-la!

E por ter sido mencionado no post anterior, facto que me fez lembrar o quanto o aprecio, aqui fica o menino Ewan:


Ewan McGregor


YUMMY!

Aquisições: filmes

Post muito rápido para registo de algumas aquisições cinematográficas dos últimos tempos (preços muito apetecíveis no Carrefour; não deixem de lá dar um salto e vejam os CDs também que há coisas bem boas a preços bem razoáveis):


Os dois últimos nunca vi. Do Solaris falaram-me muito bem.

3.12.06

Os Testes e os DVDs

A elaboração dos testes tem sido lenta. Ainda me faltam os exercícios de gramática. Depois dos três testes feitos, preocupo-me com os dos alunos com N.E.E. que já estão parcialmente feitos. No final terei 5 testes diferentes, sendo que um deles é a variação de outro. Que trabalheira! Amanhã têm de ficar concluídos sem falta para seguirem para a reprografia. Vou ficar na escola depois das aulas a trabalhar (que linda menina, sempre a dar o exemplo :-D); na realidade preciso imprimir os testes lá, pois a multifunções continua de jactos entupidos.

Mas nem só de trabalho me ocupo nestes dias. Adquiri recentemente um pequeno tesouro (que infelizmente ainda não vi). O DVD Scenes From The Big Chair dos Tears for Fears. Tenho a impressão que esse e os restantes DVDs de Einstürzende Neubauten e outros ficarão para serem visionados em tempo de férias natalícias. No outro dia adormeci a ver o Gotham dos Bauhaus de tanto sono que tinha. Por isso é melhor ver estas coisas numa altura em que ande mais desperta. :-D

2.12.06

Who's Your Movie Star Double?

Your movie star double is Cate Blanchett





An intellectual like you needs to be played by someone who understands how to be deep without being boring, someone who can grasp complicated subjects and make them seem clear cut, someone like Cate Blanchett. Whether bringing to life Elizabethan stories or playing an undercover WWII courier in Charlotte Gray, Cate has shown the world that being smart can be sexy.

Were you sometimes the kid in class who realized when the teacher made a mistake — even if you didn't always point it out? Now that you're grown up, it wouldn't surprise us if you still liked the challenge of banter or enjoyed staying up late talking about the latest in political, social, or celebrity circles. Your glamour comes from your head first and radiates out through your looks. Cate's a natural to star as you because she, like you, has a good head on her shoulders. And she isn't afraid to use it.


É... mais ou menos. :-D

The Mission - Tower Of Strength

Ontem em casa da liebe N estivémos a ver/rever os "Cures" (LOL) e os The Mission. Tower of Strength terá sido, se não a primeira, uma das primeiras que ouvi dos The Mission. Adorei-a de imediato. Fica aqui o videoclip para recordar. Cortesia do youtube, claro.






Tower of Strength - The Mission

Por entre planos de aula espreitam os postais e as prendas

Entre planos de aula e explicações lá me tenho organizado com os afazeres desta quadra natalícia. À noite dedico algum tempo à escrita de alguns cartões (faltam apenas uns 2 ou 4); falta-me pintar uma caixa para oferecer a uma amiga da família e comprar duas prendas. De resto entre prendas feitas e compradas está tudo em sacos à espera de ser embrulhado. Mas isso só será daqui a umas duas semanas. Só as da minha mãe é que já se encontram ao pé da mini-árvore de Natal (que o Pantera já tem andado a inspeccionar para verificar se ficou tudo bem decorado).

Hoje o dia será passado a celebrar o aniversário da minha mãe junto de alguns familiares e amigos mais próximos. Amanhã o dia será todo dedicado a planos de aula e elaboração de testes. HOORRAY! he he he