28.2.08

Um amanhecer chamado esperança

A nuvem negra que se abatia sobre mim parece ter passado por fim. Esta semana tem decorrido francamente bem e com muito trabalho. Seguem-se, nas próximas semanas, os últimos testes e as avaliações de final de período. O trabalho paralelo ao da escola tem-se desenvolvido de forma igualmente positiva e, noto agora, começa a tornar-se mais exigente. Facto que aprecio grandemente pois força-me a ser melhor ainda e muito mais cuidadosa.

Tenho dedicado algum tempo (infelizmente, por enquanto, muito pouco) a um novo projecto, que espero venha a ser um grande sucesso. O entusiasmo é grande e o projecto poderá vir a tornar-se bem interessante. Caso as previsões se verifiquem poderá também significar algum cash para a minha carteira. Veremos.

Numa nota mais pessoal: admiro a minha atitude perante situações menos agradáveis. A minha tenacidade, a minha capacidade de acreditar não só em mim mas também nos outros não pára de me surpreender. Há que aceitar a vida tal como ela se apresenta e aceitar também os outros tal como eles são. A amizade, o amor é isso mesmo: reconhecermos o nosso afecto por alguém mesmo em tempos de adversidade, mesmo quando as situações não se apresentam ideais e perfeitas, mesmo quando nós próprios e os outros não somos perfeitos. Tem sido recorrente a questão How to be happy in an imperfect world? do livro de Armstrong sobre Goethe, lido com muito interesse há uns tempos. Um livro, que a par de The Consolations of Philosophy de Botton, me ajudou a crescer e a enfrentar a vida com renovada coragem.

Música no Blog - Depeche Mode III

Dei por mim recentemente a ouvir o Exciter, um dos meus álbuns preferidos dos Depeche Mode (que infelizmente passou algo despercebido). Escolho o videoclip da faixa Dream On para rodar durante alguns dias na barra lateral, substituindo a excelente Ashes to Ashes dos Faith No More.

Blame it on your karmic curse
Oh shame upon the universe
It knows its lines
It's well rehearsed

It sucked you in, it dragged you down
To where there is no hallowed ground
Where holiness is never found

Paying debt to karma
You party for a living
What you take won't kill you
But careful what you're giving

27.2.08

I feel loved :D

Ao corrigir as fichas de gramática do 7º ano dou com a seguinte mensagem numa das folhas de enunciado: "Adoro esta 'stôra'" Pois pudera, ela tem uma paciência de santa para vos aturar!

26.2.08

...

Talvez após a explosão cósmica que tem sido a minha vida nos últimos dias eu possa encontrar alguma paz e sossego nos meus afazeres profissionais. Vou mergulhar no trabalho e fazer literalmente de conta que não existe mais nada na minha vida (nem mesmo o televisor LCD ali a sorrir para mim).

24.2.08

A semana dos horrores

A semana passada foi o horror dos horrores. O fim-de-semana, que infelizmente ainda não findou, também me reservou algumas surpresas desagradáveis Mas no meio disto tudo recebi uma excelente prenda de aniversário: um televisor LCD para o quarto.

22.2.08

You Make My Day

A Dimensão do Crepúsculo teve uma menção honrosa da parte da Miss Precious no seu Covil. Ficam aqui os mais sentidos agradecimentos. Passo, pois, a indicar os 10 blogs que visito diariamente ou com mais regularidade. Infelizmente, alguns deles só são actualizados muito de vez em quando. Acrescento à lista um fórum sobre animais de estimação: o Bichezas. Por isso, são 10 + 1.


Fiapos de Luz - de tudo um pouco. Eu bem queria mais, mas esta querida volta e meia hiberna.

gonn1000 - filmes e música a rodos, muita TV e, de vez em quando, livros.

Kruella - adoro em especial as aventuras com o gajix!

Morfondirozások
- especialmente interessante agora que a Dorka se lembrou de escrever na indecifrável língua materna!

Murmúrios Distantes
- muita informação sobre boa música e bons filmes.

O Covil de Miss Precious - textos carregadinhos de um humor muito especial. Partilho com a escriba alguns gostos musicais e a paixão pela língua alemã.

Oblivion - muito dark como eu gosto e de extremo bom gosto.

PLANETA POP - música, música, música! Ajuda-me a manter-me actualizada!

Refastelada no Sofá
- ténis, o melhor das produções britânicas e clássicos do cinema e da literatura.

The Catwalk - as aventuras de uma gata sempre com uma palavra a dizer.

Bichezas
- um sítio para trocar ideias e informações com quem gosta de animais.

21.2.08

Uma nota positiva entre planetas em colisão

A semana ainda não acabou, mas julgo ter sido salva hoje ao fim da tarde. Conversa com a N no local do costume. E uma alma nova. De facto o nosso tempo deve ser passado na companhia de quem nos quer bem e de quem aprecia, com igual gosto, a nossa companhia. O resto é pura perda de tempo. Até mesmo as preocupações por causa do cartão multibanco, entre outras.

20.2.08

Os planetas estão em caótica colisão

Eu juro que estava a tentar manter-me calma e serena, mas já não consigo. Há poucos minutos rebentei um dos meus colares preferidos, eram contas e continhas a espalharem-se por todo o chão da casa-de-banho e o Pantera entretido a brincar com as maiores. O azar persegue-me literalmente. Tudo começou no sábado.

Sábado tinha encontro marcado com o Lobo às 19h no Cais do Sodré. Cheguei mais cedo e, por isso, achei que deveria aproveitar e levantar dinheiro e depositar um cheque. A máquina de uma dependência da CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS resolveu ficar-me com o cartão, não me tendo dado oportunidade de efectuar qualquer uma das operações. Fiquei pior que lixada. Fodida, exacto.

Lá fiz uma chamada para um dos assistentes. Foi-me aconselhado aguardar pois a máquina poderia estar a reiniciar e isso significaria a possível devolução do cartão. 15 minutos de espera e a máquina permanecia muda. Não era mesmo nada com ela. Caso a máquina não devolvesse o cartão o passo seguinte aconselhado era proceder ao cancelamento do cartão. Assim fiz.

Hoje fui, por fim, à dependência da CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS da minha zona fazer o pedido de novo cartão. "Ah, precisa de entregar uma declaração da sua situação profissional porque se não fizer a Base de Dados que se encontra incompleta não permite a emissão do novo cartão." A minha resposta pronta: "Só pode estar a gozar comigo! Sou vossa cliente há tantos anos, sempre tive cartão multibanco, nunca me pediram qualquer comprovativo da situação profissional, recebem o meu ordenado nessa conta e está a pedir-me um comprovativo da minha situação profissional para emissão do cartão? Mas será que está a ver a incongruência disto tudo?" Não estava, são regras do Banco de Portugal, blá blá blá. "Muito bem", respondi, "então queria o livro de reclamações." A mocita lá se levantou, voltando, poucos minutos depois, sem o livro de reclamações. Informou-me que o sub-gerente já aí viria.

Eu aguardei. E posso dizer-vos que saí de lá com o pedido de novo cartão feito. Mas já estava tão passada que já nem escrevi reclamação nenhuma.

O Porta-Bananas

Coincidentemente recebi um e-mail com vários objectos curiosos e entre eles estava o famoso porta-bananas já aqui referido há uns posts. Aqui está ele! E a cor, que tal? *wink* *wink*

18.2.08

Início de semana com planetas desalinhados

A manhã do dia de hoje foi um autêntico pesadelo. Levantei-me às 6h, como todas as segundas; estava pronta para apanhar o autocarro em Algés às 7h30, como todas as segundas. Às 8h20 estava a ligar para a escola a avisar que não chegaria a tempo de dar a primeira aula e dar informação do que poderia ser feito com os alunos caso houvesse aula de substituição com um dos meus colegas de Inglês. Às 8h30 estava a apanhar o táxi para a escola. Paguei 10 euros pela viagem. Tive falta na primeira aula. Uma excelente forma de inicar a semana!

16.2.08

Depois da tempestade...

A última semana foi de um stresse ao qual não estou habituada e, confesso, custa-me muito lidar com tanta pressão. Por um lado a preocupação por causa da Avaliação de Desempenho (afinal sempre serei avaliada este ano); a Prova de Competência que terei de fazer para ingressar na carreira docente por não cumprir com todos os requisitos estipulados (4 anos de Licenciatura, 1 ano de cadeiras pedagógicas e 1 ano de estágio profissional não contam para nada); por outro as reuniões intercalares que me levaram a passar o dobro do tempo na escola (e eu não sou sequer DT!), a correcção dos testes e ainda explicações suplementares. Na quinta-feira só me apetecia chorar devido à irritação e ao cansaço que se apoderaram de mim. Felizmente consegui cumprir com tudo o que era proposto. Ainda falta concluir a correcção de alguns testes mas esses serão só entregues na próxima quinta-feira.

Hoje, apesar de todo o trabalho para a escola já feito e ainda a fazer, tiro o resto do dia para estar com amigos, relaxar e divertir-me. Só é pena não poder beber! Álcool, entenda-se!

14.2.08

É urgente o amor

Hoje na escola distribuíram-se poemas.


É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer.

Eugénio de Andrade

12.2.08

Galhofa na escola

Não poderão imaginar a galhofa na sala de professores com um dos meus colegas, DT de uma das minhas turmas, por causa de um porta-bananas. :D Terei de ver se um dia destes tiro uma foto à coisa!

11.2.08

Início de semana

Uma semana que se adivinhava absolutamente horrenda já levou pequenas alterações que talvez a venham a tornar mais suportável. Dos testes feitos hoje já estão corrigidos todos os exercícios de gramática e vocabulário. 5ª há mais, por isso convém ir despachando estes quanto antes.

10.2.08

Sobre o signo Peixes


Em traços MUITO gerais é um BOCADINHO verdade... infelizmente. :D Shame on me! Shame on me... I know!


1. Frase: 'Ontem tinha DÚVIDAS, hoje... NÃO SEI!'

2. O que o pisciano espera de seu parceiro:
Busca um protetor amoroso, uma alma irmã, uma pessoa espiritualizada, que saiba aceitar seu humor sempre mutável e sua necessidade de solidão e de privacidade. Ah! E que goste de bichos..

3. O que o pisciano diz depois do sexo: 'Qual você disse que era o seu nome mesmo?' [ninguém precisava saber isto... Muito menos eu!]

4. Como irritar um pisciano:
Diga para agarrarem-se a si mesmos e esquecerem dos outros. Marque encontro com eles em locais brilhantes, barulhentos, superpovoados, como o metrô da Sé. Deixe-os falando sem parar e no fim diga que não entendeu nada.

5. Como o pisciano reza antes de dormir:
'Pai Celestial, enquanto eu me preparo para consumir este último quinto de scotch para esquecer minha dor e meu sofrimento, possa minha embriaguez servir para aumentar sua Honra e Glória.'

6. Por que o pisciano atravessou a rua?
Que rua? Ih, é...

7. Você foi assaltado e o pisciano....
'Toma esse amuleto, guarda com você... protege contra assaltos..'

8. Adesivo para o vidro do carro do pisciano:
'Não me siga. Também não me lembro pra onde eu estava indo'

9. Quantos piscianos são necessários para trocar uma lâmpada?
O quê? A luz está apagada?


Curiosamente num outro site encontrei algo sobre Peixes que NADA tem a ver comigo (à excepção de o quarto ser efectivamente a minha parte preferida da casa) . Viver num ambiente desorganizado é absolutamente impensável para mim. No meu quarto existe, acho eu, uma única vela (oferecida), uma caixa de incensos (oferecida) guardada não sei onde. Não há véus, mas tenho cortinas... vermelhas ( wohoooo!). Embora apreciadora de música clássica, não sou muito dada a sons calmos, gosto realmente de 'barulho'!


Os piscinianos gostam de um local confortável repleto de objetos místicos com a decoração voltada para o sonho e a imaginação. Eles preferem um lar pequeno e discreto, mas que possa estar sempre suscetível a mudanças físicas ou decorativas. Essas características fazem parte de sua personalidade, já que são sonhadores e indecisos. Eles não se importam muito de ter a casa "bagunçada", querem um espaço que o leve bem longe do mundo real. Quando os piscinianos resolvem fazer uma limpeza, podem passar horas ouvindo música tirando a sujeira do tapete.

O quarto é o local preferido da casa. Lá eles podem sonhar e dormir com tranquilidade. Certamente, é um lugar confortável e que passa muita segurança. Neste quarto os piscinianos meditam, ouvem música, fazem seus exercícios mágicos, e se voltam para o seu silêncio interior. A varanda e o quintal também são ambientes que agradam esse signo.

É comum você encontrar na casa dos piscinianos um espaço para as suas lembranças místicas com incensos, velas, anjos, telas ou quadros com temas espirituais. Eles gostam também de véus, flores perfumadas, cristais, fadas, gnomos e duendes, bar com bebidas, home theater, aparelho de som e CD´s de músicas clássicas suaves. Para decorar, eles optam por objetos de animais como peixes e hipopótamos. Quem é de Peixes prefere um design arrojado com composições que despertem a curiosidade. Os objetos devem ser de valor e estilo zen.

Os piscinianos preferem as cores suaves, em tons mais frios, que equilibram o excesso de subjetividade. Na decoração da casa sobressaem tons pastéis, verde-água, verde azulado, lilás claro, branco.

Se...

Sätze mit hätte und wäre sind unnötig, weil man sowieso nichts mehr ändern kann. Alles ist schon vorbei.


Os tais "se". Se isto, se aquilo... De novo ontem um dos temas versados em conversa com a N no local do costume foram os "se" das nossas vidas. Convencida estou eu, já há muito tempo, que não vale a pena pensarmos (e muito menos agarrarmo-nos) nos "se". Até mesmo o que vivemos no presente será, já amanhã, passado. Presos às amarras do passado acabamos por não seguir o nosso caminho. E talvez seja esse o grande impedimento que não me deixa no fundo libertar-me de uma vida que na realidade não é a minha: o passado parece-me demasiado confortável e, por isso, preferível às incertezas do futuro.

8.2.08

O Silêncio Mantém-nos Vivos

Fica aqui o link para o post no Sol Aos Quadradinhos sobre a BD para a qual contribuí escrevendo o argumento.

7.2.08

Divago um pouco sobre as coisas da vida

Verdadeiramente cansada. E, mais do que isso, muito preocupada com o meu futuro profissional. Se por um lado me obrigo a pensar que qualquer mudança na minha vida deva ser aceite como uma mudança necessária, seja ela boa ou má, por outro a antevisão de um período ainda mais negro do que estes últimos anos deixa-me muito apreensiva.

No campo afectivo tudo se encontra na mesma como a lesma. Em conversa recente com uma amiga disse que mais alarmante do que ninguém se interessar por mim será o facto de eu própria não me interessar por ninguém. Borboletas na barriga, noites sem dormir, falta de apetite, o estar apaixonada e sonhar acordada e querer ter todos os minutos aquela pessoa ao pé de mim parecem-me tudo sintomas demasiado irreais ou surreais.

Felizmente o meu estado de saúde tem sofrido uma evolução muito positiva desde Outubro passado e tento encarar essa evolução com algum optimismo, esperando que a mesma me venha ajudar a mudar / melhorar outros aspectos da minha vida.

Resta-me, pois, manter-me focada no que considero de momento absolutamente essencial: cumprir o meu plano alimentar / de saúde e dedicar-me ao meu trabalho (enquanto o tiver).

Album of the year


Foi aqui referido há uns posts o Album of the Year de 1997 dos Faith No More. Trata-se do último CD que ofereci ao meu irmão, um grande apreciador de Faith No More, Young Gods, Nick Cave, Pixies e... Slayer! :D É um álbum que conheço mal - ouvi-o poucas vezes. Mas tenho-o ouvido repetidamente nos últimos dias e considero-o agora um excelente trabalho do Sr Mike Patton e companhia. Uma das minhas preferidas encontra-se ali na barra lateral: Ashes to Ashes. As outras são Stripsearch e Paths of Glory. A voz de Mike Patton atinge dimensões absolutamente incríveis: profunda, intensa, poderosa. Apesar de velhinho é um álbum a ser ouvido com atenção por quem gosta do género.


You squirt out red and turn so yellow
And then you made me kill my own
I'm not afraid
(coming, coming)
But I'm afraid

Blood in your eyes again
Bravery, the face of man
Blood on your mind again
Chivalry, the face of man
Blood in your lies again
Enemy, the face of man
Blood in your eyes, again

Is this the only path of glory?
If so then I won't go alone
Follow the trail
(running) Follow the trail

I'm not afraid
But I'm afraid



Paths of Glory - Faith No More

6.2.08

A Experiência Wall Street - Parte 2

Foi uma grande seca, isso foi. Uma hora e tal a explicarem-me os métodos de funcionamento interactivo das aulas do Wall Street. (Vê-se logo que eu não tenho mesmo com que me ocupar; faz lembrar a altura em que andava interessada na religião mórmon...). Amanhã, segundo parece, lá terei finalmente uma aula. Não me parece que vá aprender nada de novo, mas ainda assim vou dar-lhes uma oportunidade.

Os Bilhetes

O bilhete para o concerto de Nick Cave já se encontra a fazer companhia aos de The Cure e Einstürzende Neubauten. :)


5.2.08

A Experiência Wall Street

Esqueci-me de referir há mais tempo o meu contacto com o Wall Street Institute. Desde Dezembro do ano passado que me contactam telefonicamente para saber da minha disponibilidade para fazer um curso grátis durante duas semanas. Trata-se de uma engenhosa técnica de marketing que pretende recrutar alunos para cursos no Institute. Lá acabei por ir fazer o teste de nível. Segundo me informaram possuo excelentes conhecimentos de Inglês. Curiosamente só estava no nível 12 avançado (ainda existem o superior e o expert); depois rectificaram e baixaram-me um nível: 11 avançado. Aceitei as duas semanas de aulas free of charge, declinei inscrever-me num curso. Neste momento a despesa no Goethe Institut já é suficientemente pesada para a minha conta bancária. E depois há o factor tempo. Amanhã terei a primeira aula and all I can say is that I'm looking forward to it. :D

Pausa de Carnaval

A pausa do Carnaval tem sido algo trabalhosa. Os testes do 7º estão todos corrigidos. Os resultados não são muito maus, mas poderiam ser melhores. Em 26 alunos há 7 negativas. Factor positivo: nenhuma das negativas é abaixo de 20%. Há 2 Muito Bom, sendo um deles 96%. Ainda tenho de fazer mais uns trabalhinhos para a escola e amanhã é dia de explicações. Contudo, parte da tarde de hoje será passada em alegre cavaqueira no pub.

4.2.08

Música no Blog - Faith No More

Os Faith No More de novo aqui no blog. Desta vez o videoclip a rodar na barra lateral será Ashes to Ashes do álbum Album of the Year de 1997.


Smiling with the mouth of the ocean
And I'll wave to you with the arms of the mountain
I'll see you

A caminho do B.2.1. com paragem no B.1.3.

Estava eu tão contente por ir poupar uns euros na inscrição de um semestre! Infelizmente devido a incompatibilidade de horários não posso fazer o B.2.1. Não darei, contudo, o meu tempo por perdido no B.1.3. Ainda tenho muito para aprender. Uma vantagem é continuar com a mesma professora.

1.2.08

O Carnaval entontece

O Carnaval põe os miúdos completamente parvos. Ontem e hoje deram-me cabo do juízo! Só me apetecia apertar-lhes o pescoço! Raspanetes, sermões, participações. Houve de tudo um pouco!